Um thriller intenso em visão isométrica onde o jogador está metido num loop infinito de 12 minutos e que foi desenvolvido por um português. Depois de ter participado no desenvolvimento de The Witness, Luis António, sempre que podia, dedicava-se ao seu projecto pessoal. Eis o resultado: